Como instalar um banco de capacitores?

04|11|2019

Você já ouviu falar em banco de capacitores? Sabe para que servem? Como são instalados? Caso queira entender melhor, nesse artigo trataremos desses temas de uma forma clara, simples e direta. Mostraremos o quanto a instalação de um banco de capacitores pode ser útil na correção do fator de potência, visando uma maior eficácia energética de instalações elétricas em geral.

Fator de potência

A correção do fator de potência é um procedimento necessário em muitas instalações elétricas, principalmente naquelas que foram projetadas por profissionais que não zelam pela eficiência energética.

De uma forma genérica, o fator de potência consiste na razão entre a potência efetiva que é realmente utilizada pela carga (potência ativa) e a potência total drenada da fonte (Potência aparente). Também pode ser avaliado como a defasagem entre corrente e tensão.

Caso a corrente esteja adiantada em relação a tensão, dizemos que o fator de potência está adiantado. Em caso contrário, se a tensão está adiantada, denominamos como fator de potência atrasado.

Por que corrigir o fator de potência?

O valor ideal do fator de potência é 1, embora seja praticamente impossível chegar a esse valor. Como o valor mínimo considerado admissível é 0,92, deve-se adotar medidas com o intuito de manter o FP sempre acima deste valor. Esse deve ser o objetivo de qualquer profissional que demostre zelo e preocupação pelo bom rendimento da sua energia elétrica e pela durabilidade dos equipamentos a elas ligados.

Quanto mais distante do valor unitário se encontrar do fator de potência, maior corrente será necessária para o circuito, incorrendo em maiores perdas na rede, além da necessidade de dimensionar os equipamentos com uma capacidade maior do que a necessária em uma condição aceitável. Esse aumento no consumo de eletricidade poderá causar quedas de energia, sobrecarga nos equipamentos e multas aplicadas pela concessionária devido ao acréscimo indesejado na conta de energia.

Conhecendo um banco de capacitores

Os bancos de capacitores consistem em painéis elétricos dotados de alguns dispositivos (principalmente capacitores, óbvio) que visam anular os efeitos das cargas indutivas em correntes alternadas. Entre os principais responsáveis por baixo fator de potência estão os motores elétricos.

Instalando um banco de capacitores

A instalação de um banco de capacitores é recomendada em circuitos com cargas que operam de forma constante, e é constituído basicamente por painéis ou estrutura metálica dotada de um ou mais capacitor. Bancos de capacitores podem ser encontrados desde usinas de geração de energia, subestações e em uma grande variedade de indústrias e instalações com consumo elevado de energia elétrica como hospitais, shoppings e universidades, por exemplo.

Métodos de instalação

A instalação de um banco de capacitores é realizada através da conexão correta dele aos terminais que alimentam a rede. A instalação é simples e pouco onerosa, mas para isso ele deve ser corretamente dimensionado com vistas a atuar com maior eficácia e evitar gastos desnecessários.

Quanto à forma como pode ser feita a conexão do banco à rede, temos três métodos principais
que podem ser aplicados – de acordo com a finalidade da instalação:

1. Conexão em um Grupo de Cargas: é um método que atua na correção do fator de potência de um grupo de cargas com características similares e leva em conta a economia na instalação. Suas vantagens interessam principalmente a rede que alimenta a carga.

2. Conexão Centralizada: adequado a plantas onde existem cargas diversas funcionando ao mesmo tempo, e/ou com algumas delas funcionando apenas algumas poucas horas por dia, tornando mais custosa uma solução distribuída. Nesse caso, uma instalação centralizada permite economia com uso de apenas um banco para toda a planta.

3. Conexão Mista: essa é uma junção das duas soluções anteriores, apresentando as vantagens de ambos os sistemas. Sendo indicada para plantas com equipamentos de alta potência, onde se adota o sistema distribuído, e a conexão centralizada é utilizada para as cargas restantes.

Cuidados na instalação

Ao executar os serviços de instalação de um banco de capacitores, muitos cuidados devem ser levados em consideração. É preciso verificar condições como poeira, umidade, temperatura do ambiente onde, além da presença de harmônicas que podem provocar ressonância, algo indesejado e perigoso para qualquer planta elétrica. Por isso, a presença e supervisão de um engenheiro é de fundamental importância na consecução de serviços dessa natureza.

Mas a atenção voltada ao banco de capacitores não se resume apenas sua instalação. É necessário fazer manutenções periódicas, cujo intervalo de tempo dependerá das condições de instalação. Esse intervalo nunca deve ser superior a um ano. A manutenção envolve alguns procedimentos de rotina, entre eles: o controle de temperatura, as condições do isolamento dos alimentadores, limpeza e eliminação de impurezas, medição das correntes nas fases, verificação dos fusíveis, contatores e controles etc.

Benefícios da instalação

A instalação de um banco de capacitores aporta várias vantagens, dentre elas:

▪ Grande economia no consumo de energia, por evitar perdas;
▪ Redução de custos na aquisição de equipamentos;
▪ Maior durabilidade dos equipamentos ligados ao circuito;
▪ Segurança mais eficiente a toda planta elétrica;
▪ Propicia manutenção fácil e de baixo custo;
▪ Possui vida útil longa, por ser fabricado com matérias resistentes.

A importância de um engenheiro nesse processo

Nunca é demais enfatizar a importância da presença de um engenheiro eletricista acompanhando todo e qualquer projeto de instalação e manutenção elétrica, principalmente em se tratando de energia elétrica em altas tensões. Um profissional habilitado é imprescindível devido ao seu conhecimento técnico apropriado obtido em universidade, sua experiência profissional e consciência dos riscos que envolvem esse serviço.

Conhecimento técnico é indispensável quando se trata de serviços envolvendo energia elétrica, pois os riscos de acidentes são bem mais evidentes do que em outras áreas. Por isso, sempre é recomendável a supervisão de um engenheiro ao instalar um banco de capacitores. Contratar um profissional adequado nesses casos sempre será um bom negócio.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO E SOLICITE UM ORÇAMENTO: Solicitar Orçamento